• Gabriela Morais

A importância dos Recursos Humanos no desenvolvimento da criatividade.

Atualizado: Abr 28


Ambientes de trabalho inovadores e criativos propiciam não só melhores resultados às empresas, mas também o desenvolvimento individual dos profissionais, bem como uma cultura de transformação.

Por definição, a criatividade é a capacidade de criação de um indivíduo, de encontrar soluções para as problemáticas impostas à ele, sejam elas profissionais ou pessoais. Algumas pessoas possuem esta característica mais desenvolvida, muitas vezes em virtude da sua experiência ou até mesmo por um talento natural.


O fato é que a criatividade é uma das qualidades mais bem vistas no mercado, e é cada vez mais essencial para empresas e profissionais se manterem competitivos. Diante deste cenário, quais práticas devemos então estar atentos para promover criatividade em nossas jornadas?


O profissional, é esperado que busque constantemente o crescimento, se envolver em projetos/experiências, conhecer seus pontos fortes e fracos, confiar em si mesmo e buscar práticas para instigar sua visão sistêmica, desenvolvendo assim o seu lado criativo. Já as empresas, precisam fornecer aos colaboradores condições para serem criativos, e é neste ponto que focaremos neste artigo.


A Inovação, é o surgimento de ideias criativas que resultam numa melhor atuação da empresa no mercado. É papel dos colaboradores criar estas ideias e é imprescindível um ambiente no qual este processo criativo torne-se algo orgânico e cultural na empresa.


De nada adianta ter asas se você está preso em uma caixa e não pode voar?

O Papel dos recursos humanos é permitir que o processo criativo se torne um hábito. Proporcionar aos colaboradores um ambiente confortável, livre de julgamentos e que ele possua todas as ferramentas necessárias para expressar suas capacidades e ser reconhecido por isso, estimulando assim novas e cada vez melhores ideias.


Um dos passos iniciais está no processo seletivo, a criatividade passa a ser um critério para contratação. O profissional de RH precisa estar apto a identificar indivíduos com capacidade criativa. É necessário também iniciar a busca pela mudança de cultura organizacional. Promover grupos de discussões livres sobre as problemáticas dos clientes buscando soluções pode ser um passo inicial para plantar uma "semente" de uma cultura de troca de ideias e colaboratividade.


O RH pode ser um facilitador dessa transformação, buscando formatos e meios de ressaltar o protagonismo dos colaboradores. Uma empresa só é verdadeiramente criativa quando a inovação e a criatividade são única forma de resolver os problemas. A motivação dever ser encarada como uma arma imprescindível para a transformação e sobrevivência das empresas.


Esperamos que o conteúdo tenha te ajudado a refletir sobre os pontos essenciais para tornar sua operação mais criativa e inovadora. Até a próxima!


#recursoshumanos #gestaodepessoas #emprego #vagas #trabalho #empreendedorismo #departamentopessoal #empresas #empregos #consultoria #vagasdeemprego #empresa #capitalhumano #carreira #criatividade #inovacao #innovation #creativity

15 visualizações0 comentário